Cuidados com a pele durante a gestação

Atualizado: 9 de Dez de 2020


A gravidez é uma fase muito especial pela qual muitas mulheres passam e, em função das grandes mudanças hormonais e corporais inerentes, requer cuidados especiais.

A rotina de cuidados diários deve ser mantida. Isto inclui o uso de um bom sabonete suave, hipo-alergênico, sem essência, de pH final compatível com o da pele e que não desencadeie lesões de acne. Alguns tônicos, dependendo da formulação, podem ser usados; formulações muito alcoólicas eu desencorajo, pois podem ressecar demais a cútis e estimular produção rebote de sebo. Em face, ativos hidratantes, anti-oxidantes e antirrugas podem ser usados, só tomando cuidado com o tipo de pele. Por exemplo, uma gestante com pele acneica deve usar produtos com baixos teores de óleos.

Um outro assunto interessante que quero mencionar é que muitas doenças podem piorar ou mesmo melhorar durante a gravidez, e isto depende de pessoa para pessoa. Uma das dermatoses mais comuns é o melasma. Estima-se que 75% da gestantes desenvolverão esta doença, que causa manchas marrons na face e a regressão completa, após o parto, é incomum. Desta forma, deve-se usar protetor solar, não somente em face, mas em todas áreas expostas às radiações (pescoço, orelhas, colo, mãos e braços), idealmente de 2 em 2 horas, mesmo em dias nublados e chuvosos, e ainda dentro de ambientes fechados, como casa e escritório.

O uso de cremes clareadores em domicílio deve ser avaliado criteriosamente pelo médico dermatologista, pois algumas substâncias podem ser tóxicas para o feto. Ainda para melasma, alguns peelings químicos estão liberados para aplicação em consultório médico; todos os peelings físicos estão liberados; microdifusão de medicamentos podem ser usados, dependendo da mescla usada; LASERs, somente após o parto.


A segunda dermatose mais comum é a estria, que é causada pelo estiramento excessivo das fibras colágenas, que dão sustentação à pele. Para preveni-las, o uso de cremes ricos em substâncias hidratantes e estimuladoras de produção de colágeno é primordial. Durante a gestação, gosto muito do resultado de alguns peelings químicos (não todos são liberados nesta fase), de peelings físicos e microdifusão de medicamentos na pele com mesclas seguras. Após o parto, as tecnologias lumínicas, como LASERs, podem ser usadas com plena segurança.

Vale ressaltar que durante a gravidez os cabelos ficam viçosos, brilhantes e volumosos, em função da ação da progesterona. Após o terceiro mês do pós-parto, com a redução dos níveis deste hormônio, há uma queda excessiva de fios, mas que não devem preocupar a mais nova mamãe, pois este problema, embora assustador, é temporário.

Existem doenças específicas da gestação, porém são mais, felizmente, raras.

0 visualização0 comentário
Logo Horizontal Ageimagem.jpg

© 2020 Dr. Cristiano Kakihara. Realização:

  • Facebook
  • Instagram